Sexlog Casal Lovesexy Esposa Safada Dando Gostoso Para O Comedor

7 mins

Categoria:

Tag: ,

visualizações

7 mins

Categoria:

Tag: ,

Sexlog Casal Lovesexy Esposa Safada Dando Gostoso Para O Comedor

Sexlog Casal Lovesexy Esposa Safada Dando Gostoso Para O Comedor

Lanchamos e após ficamos conversando, durante essa conversa coloquei a minha mão sobre a dela fazendo carinho bem de leve, pude perceber o seu tom de voz mudando com esse carinho, depois de alguns minutos sugeri que já estava tarde e que precisávamos ir, antes que seus pais percebessem sua ausência, porém ela me disse que ainda teria tempo, já que disse estar na casa de uma amiga e que voltaria tarde de Uber.

Resolvi copiar Roberto, fiz com que sua esposa ficasse a beira da cama.

Nos ajeitamos nessa sala e nos chupamos com vontade e muito tesão, ficou de 4 para que eu pudesse fuder gostoso batendo as bolas na sua bunda por algum tempo, até que deitei no sofá para que ela pudesse me cavalgar com desejo, e enquanto isso ouvíamos um casal do lado de fora da sala pedindo para que abríssemos a porta para que participassem conosco, mas como disse antes, a noite era apenas nossa, e eles ficaram apenas elogiando o corpo dela enquanto subia e descia bem gostoso no meu pau.

Para finalizar a pornografia o homem mandou minha mulher sentar em seu pau, ela sentou com vontade enquanto ele apertava seus grandes mamilos e chamava ela de puta safada e puta sem vergonha. (escrito por Kaplan)– VOCÊ É MUITO GOSTOSO IVAN. Paralelamente, virei um comedor mulherengo que não perdoava ninguém, o que acabou por precipitar o fim do meu noivado, que já não vinha bem das pernas. Notei que seus mamilos se achavam ligeiramente eriçados e seu rosto apresentava um certo rubor.

"Enfim, assim, desvendando todas as suas peculiaridades. Na rede sempre rolam aquelas conversas mais picantes, tenho muitos amigos no sexlog, contatos no skype… Sempre tem um ou outro disposto a foder uma bunda grande e gostosa de cinta-liga, salto alto e espartilho, mas nunca dava certo – ou porque o bofe morava longe, ou então porque não me empolgava com o tipo do pretendente, ou porque eu não tinha coragem de levar a coisa mais a fundo.