Pornô Caseiro Esposa Ninfeta Espetacular Comendo Esposa Vagabunda Com Ex-chefe Juiz De Fora – Mg

14 segs

Categoria:

Tag:

visualizações

14 segs

Categoria:

Tag:

Pornô Caseiro Esposa Ninfeta Espetacular Comendo Esposa Vagabunda Com Ex-chefe Juiz De Fora – Mg

Pornô Caseiro Esposa Ninfeta Espetacular Comendo Esposa Vagabunda Com Ex-chefe Juiz De Fora – Mg

70,uma bunda espetacular,com belos seios que quando quica gostoso em meu pau balançam de uma forma incrível e me deixa louco,marcamos de nos encontrar na noite de quarta feira de cinzas para termos nossa transa,chegando ao local marcado ela entra no carro e procuro um local mais escuro para uma melhor descrição,então começamos a nos beijar,mãos percorrendo nossos corpos simultâneamente, ate que ela coloca meu pau para fora e começa a fazer o oral mais gostoso de toda minha vida,que boca,que maestria,parecia uma buceta molhada e quente…O tesão toma conta de nossos corpos e então agarro ela e a coloco deitada no banco de pernas abertas,levanto seu vestido e arranco sua calcinha com a boca e começo a chupar aquela jóia que ela guardava,seu mel escorria e ela gemia cada vez mais gostoso e me chamava de seu moreno,seu tesão,seu homem,eu por minha vez a chupava cada vez mais com intensidade pois assim que ela gosta e quando ia gozar me pediu pra parar porque queria gozar no meu pau,foi então que ela veio por cima de mim e começou a cavalgar,como aquela mulher tinha um fogo e me dava um tesão monstruoso,não iria aguentar por muito tempo,foi então q ela deu sinal de que iria gozar,começou a gemer alto e a rebolar,quando senti q ela estava gozando eu gozei junto com ela,foi maravilhoso,ficamos abraçados e ela dizendo o quanto me amava e que queria sempre estar CMG…Estamos juntos até hoje e do jeito que esta creio que continuaremos juntos por muito tempo,breve mais contos com a minha morena.

disse…que eu tinha sido quase perfeita…fiquei curiosa…o que faltou…meu querido sogro?rn-bem…agora posso falar…mandei um detetive investigar sua vida…tinha que me prevenir e não deixar que nenhuma vagabunda safada queira dar o golpe do baú no meu filho…e vc tinha uma ficha limpa…sempre trabalhou…fazia faculdade com sacrifícios…boas notas…pagava suas contas em dia…sem defeitos.

Bem, fomos buscar Patrícia na rodoviária e ela estava super feliz, saímos pra comer e beber e depois fomos pra casa, Patrícia apesar de demorar pra assumir sua sexualidade é alegre, gosta muito de conversar, e é bastante desinibida, conversando sobre qualquer assunto, em casa ela nos contou como foi que se assumiu bissexual, como foram as reações de sua família e como foram suas experiências com uma mulher pela primeira vez, ouvir ela falando de sua intimidade para minha esposa nos deixou bastante excitados, mas como estávamos cansados fomos dormir cedo, no segundo dia nós saímos, passeamos bastante na praia e voltamos pra casa a tarde, eu havia comprado alguns peixes e vinhos e a tarde ficamos em casa assando os peixes na churrasqueira e tomando vinho, depois de 3 garrafas de vinho nós já estávamos bem a vontade, e minha esposa começou a fazer perguntas indiscretas pra Patrícia, querendo saber como que era transar com outra mulher, quem chupa melhor, se o homem ou a mulher, esse tipo de coisas, patrícia achaou muito engraçado e respondeu a todas as perguntas sem embaraço, eu falei pra minha esposa que era só ver um filme pornô pra saber como que era, e minha esposa disse que filmes pornôs não condizem com a realidade do sexo, então começamos a falar sobre as diferenças de filmes pornôs, Patrícia disse que havia filmes pornôs específicos para mulheres e que eram bem diferentes dos filmes pornôs que os homens assistem, então minha esposa aproveitou a oportunidade e ugeriu que nós assistíssemos as dois pra vermos as diferenças, Patrícia meio que deu uma risadinha safada e disse que por ela tudo bem, desde que minha esposa não ficasse incomoda por ela estar vendo pornô comigo. Disse que não mentiria, que estava mesmo vendo pornografia e se masturbando, disse que era humana e que era uma mulher normal, com desejo, mas que recorria aquilo para não expor a família e porque não queria se envolver com ninguém, que era a única forma segura dela se satisfazer para não ficar doente, me disse que sexo era saudável e que deveríamos ver aquilo como natural porque todo mundo se masturba e de novo perguntou se eu me masturbava e disse que desde que meu pai morreu ela nunca mais esteve com um homem e o primeiro pênis ao vivo que ela havia visto neste tempo era o meu e me pediu para não contar porque não havia nada demais e me perguntou se eu também via pornografia, e eu, calado, fiz sinal com a cabeça que sim e ela me perguntou se era tão grave assim e eu falei pela primeira vez depois de surpreendê-la, dizendo que no meu caso era normal e no dela não porque ela era minha mãe, mas ela disse que no caso dela era muito mais normal, porque ela tinha vida sexual ativa e eu era virgem.

e vem agora que eu já esperei por vc demais…não consegui dizer nada e ainda pensei em desistir,mas o tesão por aquela ninfeta malcriada foi bem maior.

Depois disso eu o caseiro fomos arrumar um canteiro que as aves haviam revirado todo, enquanto estava-mos ali fazendo o trabalho, chegou até a nós uma ovelha, e ficou cheirando a gente e se encostando em nós, meu sogro chegou perto e disse: eeeh alguem anda comendo essa ovelha, pra ela ficar se esfregando assim, só pode ser, e eu falei eu tambem acho, apontando pro caseiro, e caimos todos na gargalhadaTerminamos o canteiro e ficamos só eu e o caseiro ali sentados na grama conversando, e a ovelha continuava a nos rodear, eu disse a ele, passe a mão na bunda dela, pra ver a reação, se ela ficar parada é porque está no cio, não deu outra, ela chegava a abanar o rabinho de contente e não saia dali. Porém sempre explico a ele que eu gosto apenas de sair com casais não tenho interesse em tomar a esposa de ninguém, mas percebo que ele com certeza vai de novo me convidar para sair com eles. Toma conta de nosso sitio um caseiro de meia idade (entre 30 e 40 anos), mas ainda em pleno vigor físico.