Dominador Machuca O Cuzinho Guloso Da Namorada Submissa Socando Um Consolo

Dominador Machuca O Cuzinho Guloso Da Namorada Submissa Socando Um Consolo

Dominador Machuca O Cuzinho Guloso Da Namorada Submissa Socando Um Consolo

Transamos mais um pouco e ela me recompensou, por lhe proporcionar esses orgasmos,quando estava metendo me pedia p eu gozar em sua boca, logo tirei o pau de sua bucetinha e gozei bem gostoso em sua boquinha, ela sugou tudinho, e chupou a cabeça bem gostoso me dando arrepios(nessa parte estou de pau duro escrevendo) nossa apos o gozo caimos na cama exaustos, e as recompensas nao pararam, ela também me deu o cuzinho , mas isso já é um outro conto….

depois de mãiinha prestar chupadas de tudo o que é jeito naqueles cinco gringos com a boca durante uma meia hora Gelson deu ordem pra ela ficar de quatro num colchonete que tinha no centro da sala, ordeiramente cada um dos gringos foi pra cima de minha mãiiinha socando seus paus na buceta dela com força. Já tinha colcado quase todo membro dentro de sua bunda quando pensei e parar por medo de machucá-la.

Não esqueceu, lógico, do seu novo amante, o consolo que Sabrina que lhe dera. Juliana não conhecia esse lado dominadora de Sabrina e ficou encantada, se enchendo de tesão outra vez.

Por motivos de ordem pessoal não direi aqui o meu nome, sou uma garota de 18 aninhos, que logo em sua primeira vez se descobriu uma submissa, pretendo postar neste site, algumas das minhas aventuras, cabe salientar, todas verídicas e em ordem cronológica. Em certa hora, ela virou-se de repente para mim e notou o meu olhar guloso. E cada vez que ele me apresentava uma namorada nova, eu ficava encimada e arrumava um jeito de acabar com aquele relacionamento, porque quando eu arrumava um namorado novo, ele fazia o mesmo comigo, mas nunca passou pela minha cabeça, que ele também poderia ter os mesmos pensamentos maliciosos que eu tinha, apesar do meu ciúmes e de deseja-lo, eu nunca havia tentado fazer nada com ele, talvez por medo da sua reação, porque ele sempre foi o meu protetor e o meu herói, sempre me respeitou. Djalama falou:-Ele não aguenta!E ele respondeu,que aguentava e mandou ele tentar de novo.