Boca Cheia Porra Do Comedor Corno Assistindo

38 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

visualizações

38 seg

Categoria:

Tag: , , , , , , ,

Boca Cheia Porra Do Comedor Corno Assistindo

Boca Cheia Porra Do Comedor Corno Assistindo

Fui iniciada no sexo por meu próprio pai, o Dr Delço, um advogado muito respeitado e severo mas que na verdade é um safado comedor de novinhas, nada de pedofilia, meu pai como advogado não é otário, adora uma novinha desde que maior de dezoito anos.

Me separei, logo arranjei uma namorada, daí me veio na mente o fato de estar “livre”, discretamente arranjar um “João” e foi assim, evidentemente por uma fatalidade, certo dia numa festa, reencontrei com um daqueles meninos do passado, agora já homem feito, coincidentemente se chamava de João. Andressa começou descaradamente a pegar no meu pau e me beijar dizendo que gostaria de ser uma rainha em uma piscina cheia de escravos pelados, rimos e todos começamos a dizer gracinhas tipo: que ali ela tinha três escravos; que poderíamos ficar pelados; se três bastavam; se ela daria conta dos três; etc… Aos poucos todos foram se soltando, Carlos discretamente pegou na minha pica, lhe fiz sinal que não, Mauro volta e meia tocava na pica de Carlos e Andressa, não lembro a partir de que momento, mas a cada momento passava a mão em nossa picas, não sei quem ficou pelado primeiro mas sei que não demorou muito ficamos todos nus e Andressa começou esfregar a buceta na minha cara na de Mauro e de Carlos e disse que queria um campeonato cada um de nós a chuparíamos por um tempo e logo a seguir passava para o outro e que ela gozaria na cara de quem chupasse melhor. -Porra que delícia tia,vou querer um boquetegostoso desse todo dia.

Eu decidi que usaria meu trunfo nele: sabia onde meu pai escondia revistas e mais revistas de putaria e nudez, então num momento de relativa paz (meu pai estava viajando e minha mãe assistindo novela/cochilando), eu peguei ele pela mão e disse que mostraria algo bem legal. Tive a certeza que nada iria mudar quanto ao meu relacionamento com meu querido noivo que antes de casar já se tornara ?corno?.